.

Luta e resistência em favor da saúde mental

Reafirmamos nosso compromisso e luta contra a medicalização da loucura e a mercantilização da saúde. Resistiremos nas trincheiras antimanicomiais em favor da atenção adequada à saúde mental de nossa população.

O governo federal fascista precarizou rede de atenção psicossocial e estimulou a aplicação de políticas repressoras e opressoras feitas em verdadeiros depósitos humanos mantidos por seitas religiosas e financiados por dinheiro público.

O Sistema Único de Saúde (SUS) é aliado da saúde mental. Seus profissionais são altamente capacitados e dedicados no cuidar acolhedor.

18 de maio é Dia Nacional da Luta Antimanicomial e fazemos parte desta história na capital baiana. Lutaremos juntos por uma política aprimorada e com financiamento adequado e suficiente para a saúde mental.

Humberto Costa é presidente da ASMS.